Sejam todos bem vidos!!!

Sejam Bem Vindos a essa dádiva divina que é ser Mãe...

Total de visualizações de página

terça-feira, 28 de junho de 2011

cuidados com o bebe no inverno

Durante o inverno, é necessário ter cuidados especiais com o seu bebê, isso porque a criança pode estar exposta aos agentes externos e sua saúde fica comprometida. A estação mais fria do ano favorece o aparecimento de doenças respiratórias devido a falta de umidade no ar, então crie uma ambientação agradável para o quarto da criança, uma toalha molhada próxima do berço pode ser útil nesse sentido.
Para que o bebê não tome nenhum tipo de friagem, os pais devem mantê-lo sempre bem agasalhados. Outra recomendação importante diz respeito a hora do banho, escolha um ambiente agradável e mantenha a porta fechada para que as mudanças na temperatura não proporcionem desconforto ao bebê.
Nos meses de inverno, a criança pode ainda apresentar pele ressecada por causa da temperatura elevada da água durante o banho, por isso tenha o controle e identifique as limitações dermatológicas do bebê. Com relação aos hábitos alimentares, invista em sopas que possuam ingredientes com bons valores nutricionais.

A pele do bebê no inverno

Veja 4 dicas para cuidar da pele do seu filho nesta estação
Basta o tempo esfriar para nos abastecermos de cremes e hidratantes. A nossa pele resseca, mas não necessariamente a do recém-nascido. “O hidratante só é indicado em bebês se houver necessidade: se a pele estiver áspera e esbranquiçada”, explica Silmara Cestari, coordenadora do Departamento de Dermatologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Na hora de escolher o produto, dê preferência a cremes sem perfumes e hipoalergêncios e... 


...prefira limpara o nariz da criança com água corrente. Se estiver fora de casa, use lenço descartável e não fraldas ou lenços umedecidos. “O tecido pode se tornar meio de cultura de bactérias. Use lenços descartáveis, uma só vez”, diz a médica. 

...use vaselina e pomadas contra assaduras para proteger a área do nariz. A vaselina cria uma barreira para proteger a pele, mas, atenção: há o risco de formar um toldo que manterá as bactérias ali se houver inflamação no local. 

...diminua o tempo de banho para, no máximo, 10 minutos. A temperatura tem de ser agradável, mas o menos quente possível. Use pouco sabão e prefira os glicerinados e os infantis. 

...evite o uso de roupas de lã em contato com a pele. A lã e os tecidos sintéticos ressecam a pele. Por isso, use sempre peças de algodão por baixo. Na hora de dormir, um lençol com a dobra larga protege o rosto do bebê do contato com o cobertor.

Dicas para um banho gostoso no inverno

Se você é daqueles pais que morrem de pena de banhar o bebê quando está frio e acham que não tem nenhum problema enforcar o banho de vez em quando, esqueça! Essa teoria é furada. O banho dos pequeninos precisa ser diário, faça chuva ou faça sol! Inclusive, a cabeça precisa ser lavada todos os dias.
Para não judiar do bebê, durante o inverno, dê o banho nos horários mais quentes do dia, perto da hora do almoço. O ideal é banhar antes de alimentá-lo, caso contrário, o banho deve ser breve.
Mesmo no frio, a temperatura da água não pode estar muito quente, pois resseca a pele do bebê. Se o dia estiver gelado, uma boa dica para manter o bebê aquecido é colocar uma toalhinha molhada com água morna na barriga durante o banho.
Os pais podem saber facilmente se a criança está com frio: as mãos e pés ficam roxos e a face pálida. Nesse caso, acelere o banho, enxugue bem e vista a criança o mais rápido possível, começando pela parte de cima para que o tórax fique aquecido.


A maior preocupação deve ser com o risco de problemas respiratórios, mais comuns nos meses mais gelados do ano. “Durante o inverno, o ar frio irrita as mucosas das vias aéreas facilitando o aparecimento de infecções respiratórias, na grande maioria de etiologia viral, além de crises de bronco-espasmo”, afirma a pediatra e neonatologista Vera Fidelman Ramalho Valverde. “Além disso, nessa época, a poluição se torna mais intensa em conseqüência da baixa umidade do ar, o que favorece o comprometimento das vias aéreas.” Alguns cuidados de higiene são necessários para evitar acúmulo de secreção nasal. “Lavar o narizinho da criança com soro fisiológico é o suficiente para mantê-lo limpo e hidratado”, explica.
Veja algumas dicas para cuidar melhor dos pequenos no inverno: PASSEIOS Deve-se evitar a exposição desnecessária das crianças ao ar frio e poluído da cidade, mas isso não impede que o bebê faça um passeio, desde que se tomem medidas para evitar doenças.
“Agasalhe seu filho para protegê-lo das mudanças bruscas de temperatura. Não é a ‘friagem’ que vai fazê-lo adoecer, mas sim as variações de temperatura, que favorecem o ataque de vírus”, diz a pediatra. E esqueça o shopping center.
“Ambientes fechados com aglomeração de pessoas facilitam a propagação dos vírus. Os passeios ao ar livre são mais indicados, principalmente nos horários mais quentes do dia”, aconselha.

VESTUÁRIO

Os agasalhos devem ser usados sem exagero e com conforto.
Os bebês apresentam apenas uma dificuldade de adaptação térmica que os faz perder calor com facilidade, mas não sentem muito mais frio que os adultos. Geralmente precisam de uma peça de roupa a mais que os pais. “Procure sempre manter uma roupa de algodão em contato com a pele e o agasalho por cima mantendo as extremidades aquecidas, sem provocar a sudorese na criança”, esclarece dra. Vera. Use toucas e gorrinhos quando sair com o bebê na rua. Dentro de casa não há necessidade.

TROCAS DE FRALDAS

Essa hora é um tormento... O bebê está lá quentinho e você precisa tirar sua roupa para trocá-lo. Mas não adie as trocas por causa do frio, pois isso pode provocar assaduras. Feche as portas e janelas para não entrar correntes de ar e proteja o trocador com uma fraldinha. “Prefira fazer a higiene com um algodão embebido em água morna. Os lenços umedecidos são muito gelados e devem ser deixados apenas para os passeios”, afirma a pediatra. E não se esqueça de observar se suas mãos não estão frias demais antes de trocar o bebê!

BANHO

O frio não é motivo para privar os bebês do banho. Ficar mergulhado em água morna traz muito conforto para eles. Dê o banho na hora mais quente do dia, perto do horário do almoço. “E mesmo no inverno a água não deve ser muito quente. As temperaturas muito elevadas ressecam a pele e aumentam o risco de alergias. A temperatura ideal gira em torno de 36ºC”, diz a médica. E, se possível, dê o
banho e troque a criança no mesmo local, vestindo-a o mais rápido possível, começando pela parte de cima, que protege todo o tórax do bebê.

HORA DO SONO

Na hora de dormir, opte por pijamas quentinhos de algodão aflanelado que protejam bem os bracinhos, geralmente descobertos durante a noite. Um protetor para as grades do berço ajuda a manter o local aquecido. “Se um aquecedor se fizer necessário, dê preferência aos que funcionam a óleo, lembrando de colocar um pouco de água em um recipiente para promover melhor umidificação do ambiente”, explica.

PELE

A pele das crianças também merece cuidado durante o inverno, e o uso de hidratantes previne o ressecamento tão freqüente neste período. “Dê preferência aos hidratantes hipoalergênicos, sem perfume e feitos especialmente para crianças”, aconselha.
Fonte google

Um comentário:

Cléo disse...

Sempre uso hidratante nos meu s filhos, principalmente no Davi que já vai pra escola,passo nele até protetor labial pra não ficar com o lábio ressecado.
adorei seu post
sou a Cléo do donamaricotafeliz
bjoca